DIETA ANTIDEPRESSIVA

A mudança de hábitos alimentares no tratamento da depressão se mostra cada vez mais eficaz. Assista ao vídeo e conheça os alimentos que possuem o poder de combater a depressão!
Lembre-se: consulte um nutricionista para lhe auxiliar.

00:01 Introdução
02:20 Alimentos Premium e alimentos de baixa qualidade
03:57 Estudo Smiles
06:55 A dieta antidepressiva

Dieta:
Diário:
Cereais integrais: 5 a 8 porções
Frutas: 3 porções
Vegetais (não legumes): 6 porções
Leite e derivados: 2 a 3 porções
Azeite de oliva: 60ml
Oleaginosas: 1 porção

Semanal:
Legumes: 3 a 4 porções
Carne vermelha magra: 3 a 4 porções
Peixe: Pelo menos 2 porções
Aves: 2 a 3 porções
Ovos: até 6 ovos porções
Extras (doces, pizzas, etc): até 3 porções

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE no WORKSHOP Saúde Total da Mente: http://bit.ly/Workshop-Saude-da-Mente

INSCREVA-SE no canal:
http://bit.ly/saude-da-mente

Baixe o teste gratuito

ME ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS:
Instagram: https://www.instagram.com/drmarcoabud/
Facebook: https://www.facebook.com/drmarcoabud/

Baixe o aplicativo WeMind
PlayStore (Android): http://bit.ly/AppWeMind
App Store (IOS – Iphone): http://bit.ly/AplicativoWeMind

Assista a outros vídeos:

Depressão durante a gestação: http://bit.ly/DEPRESSAO-GESTACAO
Transtorno Disfórico Pré-Menstrual: conheça a SUPER TPM: http://bit.ly/TDPM-SAUDEDAMENTE

INSCREVA-SE PARA RECEBER CONTEÚDOS EXCLUSIVOS
https://marco.neurociencia.med.br/conteudos

Dr. Marco Antonio Abud Torquato Jr.
Médico Psiquiatra
CRM: 129.339

AVISO LEGAL:

As informações contidas nos vídeos não pretendem substituir a consulta ao profissional médico ou servir como recomendação para qualquer plano de tratamento.

De acordo com o Código de Ética Médica, os vídeos têm somente caráter educativo, assim como, não são divulgados endereços e telefone de consultório, clínica ou serviço de saúde.

Os vídeos do Canal Saúde da Mente, são produzidos baseados na experiência do Dr. Marco Abud, na observação prática de pacientes e em pesquisas científicas mais recente até o momento.

Em caso de dúvidas procure seu médico.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *